Explicações sem sentido:

domingo, 3 de fevereiro de 2013

Olhando nos olhos.



No começo eu não sabia exatamente o porquê de estar ali, sentada com você naquela mesa. Eu me senti distante, como se fosse uma desconhecida, como se estivesse atrapalhando sua vida. Porque sabe, por um lado eu não pertenço mais a ela. Não do jeito que gostaria de pertencer, não do jeito que gostaria de entrar. Batemos de frente em muitas coisas, mas sempre procurando entender o outro lado. Isso é incrível. E esse é um dos cem motivos que me fazem não desistir agora, a ter mais paciência e esperar por uma decisão inusitada, com mínimas chances de acontecer. E por mais que seja complicado, e sua opinião bata de frente com a minha, poderia tentar entender como todas as outras coisas que já conseguiu.  Porque não é difícil.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opiniões: