Explicações sem sentido:

terça-feira, 9 de setembro de 2014

Engana-se meu caro.


  Engana-se quem pensa que vivo só em flores. Engana-se quem pensa que vivo cheia de amores. Enganam-se mais ainda em pensar que sou de modo fútil como tanta gente por aí. Eu não quero uma noite inesquecível, quero noites interminavelmente boas. Não quero dizer que fiquei com alguém, quero dizer que tenho alguém. Não quero passar a imagem de algum objeto ou prêmio ganho, quero ser considerada a maior conquista. Me entristece por dentro ao pensar quem em meu redor só existam pessoas assim, e que se eu tentar arriscar, posso perder tudo, ficar mais cheia de vazio. A cada passo em falso, ando me perdendo no caminho. Talvez seja assim que aconteça com o resto, tentativas frustradas e pisadas em falso, perdem-se conteúdo e amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opiniões: