Explicações sem sentido:

quarta-feira, 3 de julho de 2013

Quando.


E quando conhece alguém diferente.

Alguém que te prende o olhar. Alguém que tem os seus gostos. Onde o sorriso fica mesmo depois da boca ter se fechado. Onde te deixa confusa quando fala nas entrelinhas. Você vê a calmaria no ar. A simplicidade.
Mas e quando os passos estão diferentes, e os caminhos só passam perto um do outro? Agarra isso como lembrança boa, não deixa nada passar. Deixa no ar o cheiro daquele mistério gostoso. Mas que não fique apenas com a saudade. Mata ela, deixa aquela conversa se repetir e sorriso ficar no olhar outra vez. Afinal, coisas boas não fazem mal a alma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opiniões: