Explicações sem sentido:

sábado, 24 de novembro de 2012

Parceiros.


No começo a gente procura um parceiro pra conversar e trocar histórias. Fazer companhia, dividir experiências, conhecer outro mundo, o mundo do outro. Depois, a procura de uma pessoa que nos faz bem, que nos traga paz, e que mesmo dividindo segredos e compartilhando dores, que essa pessoa possa nos fazer esquecer tudo de ruim quando estamos ao seu lado. Como consequência, a pessoa que retribua nossos desejos, carnais e espirituais, que esteja lá quando precisarmos. E tudo se revira. Queremos fazer bem a ela, procuramos sempre fazer com que ela esqueça todo o mundo a sua volta. É quando simplesmente desejamos ser o mundo de alguém, vice-versa. E quando a gente encontra alguém assim, com o mesmo propósito, somos premiados, com um parceiro pro resto da vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opiniões: