Explicações sem sentido:

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Indecisa talvez.



E parece que o simples "decidir" está virando uma lenda em minha vida. A cada dia antes de levantar, eu penso no que vou enfrentar de ruim, pelo o que vou passar, qual o sorriso vou colocar no rosto e qual sentimento eu preciso ignorar urgentemente, ao que me parece, é sempre o mesmo, a dúvida. É incrível a nossa habilidade de esconder todos os sentimentos, e no lugar, colocar uma pessoa sorrindo. Parece mais fácil, menos doloroso. Só que uma hora isso cansa né?!

Um comentário:

  1. A dúvida é mesmo persistente e até traiçoeira, mas que sejamos nós mais, e mostremos a ela quem é que manda. :)

    Beijinho e fique com DEUS!

    ResponderExcluir

Opiniões: