Explicações sem sentido:

domingo, 4 de março de 2012

Tentativas em vão.



Sozinha. Essa palavra tá ficando normal demais no meu vocabulário. Não dá mais. Não entendo porque minha vida sempre toma o mesmo rumo, por mais que eu mude sempre. Destino? Não, ele não seria tão cruel. Sabe, nessas últimas semanas aprendi que, quando se quer amar, o amor simplesmente não vem. Ele vem de uma maneira inesperada, e não quando você quer. Eu tentei isso, e acabei aprendendo com meu erro, mas vai que um dia minha vida vira um filme e dá certo?! Complicado.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Opiniões: