Explicações sem sentido:

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Amor Bandido ;x

;x

Ele vem e vai quando quer, briga e me chama de amor quando bem entender. Mas agora não, eu fiz ele sofrer o que eu sofri, sei que não devia mas não resisti. O meu amor era grande demais, e meus pensamentos voltados para mim. Mas ele se humilhou, implorou e e provou que me ama, provou que pode ter mais um chance, e eu a dei.

2 comentários:

Opiniões: